“Há caminho para diminuir o subsídio aos combustíveis em Angola sem aumentar o preço”, diz FMI

12 Abril, 2024 14:18

Economistas convergem na ideia de avançar já com retirada da subvenção do preço dos combustíveis em Angola, mas apontam para formas diferentes de o fazer.

Leia a edição impressa

Receba a FORBES em sua casa, e desfrute de uma revista impressa em papel.

Leia no seu tablet ou smartphone

Descarregue a app disponível para o seu dispositivo móvel.
Prémio Angola Superbrands - Corporate